Considerada o “mal do século”, muitas pessoas estão tão acostumadas com alguns sintomas. Como as emoções exageradas, que não percebem que esses sentimentos e pensamentos podem evoluir para alguns transtornos, como, fobia, pânico, insônia, TOC (transtorno obsessivo compulsivo), entre tantos outros gerados pela ansiedade. Fique atento.

Normalmente diagnosticado pela própria pessoa e também chamada de Perturbação de ansiedade ou Transtorno de Ansiedade.

A ansiedade é uma agitação mental definido por sentimentos de preocupação, agitação e medo que são fortes o bastante para interferir negativamente nas atividades diárias. Tendo impacto direto nos relacionamentos e em outras áreas da vida de quem sofre com este mal.

 

 

Sintomas

 

Os sintomas incluem desde estresse desproporcional ao impacto do acontecimento acompanhado de um sentimento de incapacidade de superar a preocupação e agitação até ataques de pânico. Os mais comuns são:

 

  • falta de concentração;
  • medo;
  • sentimento de que irá acontecer algo ruim;
  • falta de ar ou respiração rápida;
  • insônia;
  • boca seca;
  • pesadelos;
  • náusea ou indigestão;
  • estado de alerta excessivo;
  • irritabilidade;
  • fadiga;
  • suor em excesso;
  • roer unhas;
  • tensões musculares;
  • dores de cabeça;
  • inquietação;
  • entre tantos outros que podem ser apresentados.

 

Você pode ter um ou mais desses sintomas.

 

Níveis de ansiedade

 

Você deve estar se perguntando agora… “Ok Faby, mas como lidar com esses sintomas?”, “Como controlo essa ansiedade?” ou “Como eu posso eliminar isso da minha vida?”

Antes de responder a essas perguntas gostaria de esclarecer um pouquinho sobre os níveis de ansiedade:

 

 

 

0 – Zero ansiedade

 

Extremamente prejudicial. Um certo nível de ansiedade é útil para nós, sim!! Um nível zero seria como estado de alerta zero e não identificaríamos perigo em nada. Todos nós obrigatoriamente precisamos ter um certo estado de alerta, ou seja, temos que ter um nível de ansiedade.

 

1 – Ansiedade leve

 

Ela é útil e positiva, um estado de alerta que aumenta a aprendizagem e a produtividade nas atividades diárias.

 

2 – Ansiedade moderada

 

É possível que nesse nível você esteja perdendo um pouco da concentração e/ou tenha um aumento da frequência cardíaca. Os sintomas físicos podem passar despercebidos e é possível resolver sem problemas. Estados leves e moderados são normais no dia a dia.

 

3 – Ansiedade elevada

 

Neste estágio você já encontra dificuldade em lidar com ela. Você pode sentir o coração acelerado, falta de ar, medo de perder o controle, tontura, pensamentos negativos, entre os outros sintomas comuns. A qualidade de vida já é impactada negativamente por esses eventos.

 

4 – Ansiedade intensa

 

A percepção da realidade é alterada nesse nível. Você chega a perder a noção da realidade e sintomas quase impossíveis de controlar. Principalmente se a respiração ficar mais rápida e você tiver pensamentos pessimistas ou até mesmo de morte. As durações desses eventos normalmente são curtas e tem maiores impactos na sua qualidade de vida.

 

5 – Ansiedade generalizada

 

É um transtorno que acontece quando os sintomas são severos, por longos períodos e às vezes sem explicação nenhuma. A qualidade de vida é extremamente impactada ou quase não existe. O transtorno pode evoluir para uma depressão, pânico, fobia, TOC entre outros tantos transtornos severos.

 

Se você dar um número para sua ansiedade e ela estiver entre 3 e 5 (nível 3 e 4), você pode seguir as dicas abaixo e perceber os resultados. Porém, se o número que você der for acima de 6 , recomendo já buscar um profissional que ajude você recuperar sua qualidade de vida e saúde o quanto antes. Pois, ela já está te prejudicando muito ok?

 

 

Dicas para controlar a ansiedade

 

Agora sim, siga umas dicas simples e naturais para controlar os níveis iniciais de ansiedade:

 

Faça exercícios físicos

Escolha uma atividade física que goste e inicie!! Pilates, natação, Yoga, corridas, caminhadas intensas. Isso mesmo, qualquer uma, pode ser até brincadeiras com os filhos (rs).

O importante é mexer o corpo e ter uma frequência constante, pelo menos 4 vezes na semana, com duração acima de 40 min. Um dos muitos benefícios do exercício físico é baixar o nível de ansiedade.

 

Alimentos e sucos calmantes

Chá de valeriana, kava-kava e erva-cidreira ou capim cidreira, alface, chá de camomila, suco de maracujá.

 

Tome um banho morno

Aproveite esse momento para descansar e relaxar o corpo e mente, curta o “aqui e agora”. Ansiedade é estar com a mente em excesso no futuro deixando de aproveitar o presente.

 

Reserve uns minutinhos para você

Descansar a mente e corpo e alimentar sempre bons pensamentos. Assim estimula a memória de acontecimentos que te trouxeram paz, alegria, felicidade.

 

Dê um abraço medicinal

As pessoas se sentem melhor depois de um abraço fraternal. Existe até terapia do abraço por aí de tão forte que é o efeito no corpo humano. A verdade é que há benefícios físicos e emocionais, evidências científicas. O corpo libera dopamina, endorfinas e oxitocina, químicos que promovem o bem-estar e a felicidade.

 

Respire corretamente

A maioria das pessoas ansiosas não respiram corretamente. Respiram com a parte superior do corpo, e a respiração também é mais rápida e curta. A respiração profunda e consciente ativa o sistema nervoso autônomo chamado parassimpático, amenizando a ansiedade.

Deixe o diafragma solto e relaxado enquanto inspira profundamente e solta ar controlando para sair devagar. Perceba que o correto é movimentar o abdômen e não o tórax, inspire e expire de forma lenta e profunda, com pequenas pausas.

 

Evite cafeína

A cafeína é um estimulante do sistema nervoso central, cérebro fica mais “ativo”. Podendo levar a um sentimento de nervosismo e aumento dos batimentos cardíacos. E se você já sofre de ansiedade, pode piorar os sintomas. Exemplos de alimentos que contém cafeína: chá mate, chá preto, refrigerantes, energéticos.

 

Conclusão

 

O mais importante é você cuidar da sua saúde e investir na sua qualidade de vida. É o que vai permitir você realizar seus sonhos e desfrutá-los. Caso não consiga sozinho, há diversos profissionais que poderão te ajudar, pesquise e veja com qual se identifica e seja feliz!!! 😉

Enfim, estou a disposição para qualquer dúvida, deixem nos comentários, grata!!