• Geração Y
  • Geração Z
  • Jovens
  • Hábitos que causam mais ansiedade nos jovens

 

Geração Y

 

A maior geração em números, a Geração Y, é formada por aqueles que nasceram entre 1978 até 1994. Com o mundo em estabilidade, foi a geração que cresceu vivendo intensamente a infância. Com acesso a computadores e internet, tiveram uma educação mais rica em relação às gerações anteriores.

 

Segundo Box 1824 (2012), o uso da internet transformou-os na primeira geração global. O excesso de informações causa ansiedade nos jovens, a ansiedade crônica. Nem sempre são compreendidos facilmente, pois desenvolveram uma forma não linear de pensar. Refletindo a linguagem da internet com diversos assuntos, acompanhados de forma simultânea.

 

Para os jovens da Geração Y é natural começar alguma coisa e terminar em outra. Essa pluralidade garante a esses jovens reconhecerem-se mesmo com suas diferenças. Querem unir o trabalho com o que lhes dá prazer, são pragmáticos e mais realistas que as gerações anteriores.

 

Geração Z

 

Nascidos a partir de 1995, os jovens desta geração sentem-se à vontade quando praticam diversas atividades ao mesmo tempo. Para Glasenapp e Souza (2013), a Geração Z é bem integrada com a tecnologia e mais esperta que as gerações anteriores, pois veio ao mundo já rodeado por computadores e telefones celulares.

 

Dessa forma, seu comportamento estimulado na velocidade com que chegam as informações na rede. Com todo e qualquer tipo de informação ao seu alcance, o grande

desafio destes jovens é conseguir filtrar aquilo que realmente lhes é útil.

 

Ciriaco (2009) descreve a Geração Z como “Geração Silenciosa”, por estarem sempre com fones nos ouvidos e escutarem e falarem pouco. Muitas vezes fazendo-os se preocuparem apenas consigo.

 

Essa geração possui outra característica marcante: os problemas de interação social. Pois, lhes falta expressividade na comunicação verbal, causando divergências com as gerações antecedentes, principalmente com a Geração Y.

 

Jovens

 

Vandresen (2011, p. 12658) “Esse convívio gera sujeitos que se caracterizam por receberem informações muito rápido, por utilizarem acessos randômicos como hipertextos e funcionarem melhor na e em rede.”

 

Hábitos que causam mais ansiedade nos jovens:

 

  • Poucas horas de sono

 

Dormir deixa de ser prioridade ou então há uma mudança na escala do sono, com horários diferentes e horas irregulares. Além disso, costumam usar notebook ou Smartphone durante um bom tempo antes de se deitar, o que afeta a qualidade do sono.

 

  • Falta de alimentação regular

 

A falta de rotina e horários muitos alternados podem afetar a regularidade da alimentação.

 

Ficar muito tempo sem comer ou beber pode levar a baixos índices de açúcar, causando ansiedade, tontura, tremedeira e até perda de atenção.

 

  • Café

 

Uma das bebidas mais consumidas para quem quer ficar mais atento para realizar as funções do dia é o café. Apesar de ter alguns efeitos positivos, o consumo em excesso pode deixar a pessoa mais nervosa e irritada.

 

Outro efeito negativo: o café pode causar desidratação, que também leva à ansiedade nos jovens.

 

  • Passar muito tempo sentado

 

Uma pesquisa publicada na BioMed Central sobre a saúde pública nos Estados Unidos

apontou uma relação entre o sedentarismo e a ansiedade.

 

De acordo com o estudo, os riscos de ansiedade aumentam naquelas pessoas que levam uma vida mais sedentária. Mas o ponto mais interessante foi que quanto mais tempo do dia se passa sentado, maior a probabilidade de sofrer com ansiedade.

 

  • Celular

 

Hoje em dia é quase impossível ficar sem acesso aos smartphones, mas é necessário ficar atento à quantidade de tempo que se passa olhando para a tela.

 

De acordo com pesquisadores de Universidades americanas e de Cingapura, o Facebook pode causar inveja até depressão nas pessoas, já que podem levá-las a comparar sua vida com a dos outros.

 

  • Sem desligar

 

A tecnologia tão presente na vida dos millennials torna mais difícil se “desligar” do trabalho, mesmo depois da jornada de trabalho. Essa invasão da vida profissional na pessoal causa irritação e ansiedade.

 

  • Serviços de Streaming

 

Assistir a um filme ou série após um dia cansativo de trabalho faz parte da vida de muita gente. Mas, de acordo com uma pesquisa isso não ajuda relaxar, e sim acaba contribuindo para aumentar a ansiedade e o estresse.

 

A sensação de relaxamento que esse comportamento provoca é de curto prazo. A melhor solução é apostar em exercícios físicos para conseguir realmente diminuir esses efeitos negativos da vida moderna.